Entrar

Usuário:

Senha:


Esqueceu a senha?

Parceiros ACES

CONSELHO REGIONAL DE EDUCAÇÃO FÍSICA DE SANTA CATARINA

Surfguru

Câmeras ao vivo | 24h on-line | Maaxcam

SANTA CATARINA TURISMO S.A.

Parceria ACES e Universidade do Estado de Santa Catarina - UDESC

FEDERAÇÃO CATARINENSE DE SURF

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE SURF

INSTITUTO BRASILEIRO DE SURF

Guia Floripa - O Guia de Florianópolis na Internet - Hotéis, Pousadas, Imóveis, Restaurantes, Bares, Festas, Eventos e muito mais.

SURF NEWS

SURF NEWS

DIVULGUE ACES

Incluir link da ACES em seu site:

ACES - Associa��o Catarinense das Escolas de Surf

Copie o texto acima e cole em seu site.
Escolas de Surf ACES Artigos de Surf e Educação Projetos ACES Artigos de Meio Ambiente e Sustentabilidade Artigos de Competição e Resultados
Informações Importantes Projetos Sociais Executados por Escolas de Surf Artigos de Surf e Saúde Mundo do Surf - SurfNews Área Restrita para Sócios
RSS

(1) 2 »
em 24-10-2016 20:13 (1321 leituras)

Você sabia que por trás dos movimentos da Hula existem inúmeras histórias e lendas? Pois é, para os havaianos essa dança é sagrada e capaz de nos colocar em contato com formas superiores de consciência.

O povo havaiano considera a Hula uma dança sagrada, capaz de fazer com que nós nos conectamos com formas superiores de consciência, nos auxiliando e transmitindo valores fundamentais muitas vezes esquecidos.

A Longarina te convida a participar do Workshop de Dança Havaiana, que nos levará a conhecimentos milenares sobre essa cultura. Com certeza será uma experiência incrível!!

Instrutora:

  • Verônica Cabral Professora, bailarina, coreógrafa e estudante de danças étnicas internacionais há 22 anos. “A cultura do povo havaiano e a arte da Hula transcende tudo que tive a oportunidade de ver e viver, me apaixonei pela grandeza espiritual a beleza da dança, que nos conta sábias histórias com lindos e suaves movimentos ligados aos aspectos da natureza.”

Mais informações...

Classificação: 0.00 (0 votos) - Classifique esta notícia - Comentários?
em 09-02-2012 22:30 (2085 leituras)

Será que ela conseguiu ficar em pé na prancha?

Durante as gravações dos programas de verão do Programa A Turma no Costão do Santinho, a nossa apresentadora Jany Lima resolveu tirar um tempinho para aprender a surfar.

Veja como foi essa aventura:

Mais fotos da hora...

Fonte: http://www.portaldaturma.com.br/e.php?u=jany-aprendendo-a-surfar

Classificação: 10.00 (1 voto) - Classifique esta notícia - Comentários?

em 05-09-2011 14:20 (3489 leituras)

Fabrício Caldas levanta uma questão muito curiosa para todos e para responder o lendário Bira Schauffert surfista de Floripa, que faz parte desta história.

Qual é a história da estátua do "Surfista da Mole":

  1. Quem fez a estátua? 
  2. Quem encomendou ou se foi idéia do artista? Quanto vale o show $$$?
  3. Qual a motivação que levou você a ser um dos que buscaram arrumar um lugar legal p estátua?
  4. Porque ela saiu da Joaquina?
  5. No seu ponto de vista qual a importância de abrigarmos na ilha uma estátua de um surfista?
  6. Com a possível venda do Hotel da Mole a estátua ficaria ameaçada?

Confira todas estas questões lendo a matéria no site do Fabrício Caldas.

 

Classificação: 0.00 (0 votos) - Classifique esta notícia - Comentários?

  em 04-11-2010 10:30 (2254 leituras)

Wilson Neves da Escola de Surf Costão do Santinho mantém o Projeto Calçada da fama que consiste em homenagear e registrar a passagem dos maiores ícones do surf por Santa Catarina. Dentre os moldes armazenados estão as pegadas do tricampeão mundial de surf o havaiano Andy Irons falecido recentemente. "A comunidade está muito triste e muitas pessoas estão nos procurando para prestar homenagem ao surfista atravéz de suas pegadas.

Estou a procura  de  patrocínio para alocar os moldes em uma calçada similar a original que expões os pés de artistas consagrados em Hollyood para que as pessoas possam ver e fazer registros e homenagens a estes surfistas da elite mundial do surf." Afirma Wilson Neves (48) 9983 1586
Classificação: 10.00 (1 voto) - Classifique esta notícia - Leia mais... | Mais 1273 bytes | Comentários?
em 30-10-2010 15:00 (2175 leituras)

 

Celebridades prestigiam Escola de Surf Costão do Santinho em Santa Catarina.

Débora Seco e Grazi Massafera visitam escola de surf ao lado de Wilson Neves e Fabrício Caldas.

Celebridades na Escola de Surf Costão do Santinho
Fotos: Fabrício Caldas e Lucimara
Classificação: 10.00 (1 voto) - Classifique esta notícia - Comentários?

  em 16-10-2010 00:00 (2469 leituras)
Melhores momentos da
Escola de Surf Costão do Santinho em
Outubro 2010

Classificação: 10.00 (1 voto) - Classifique esta notícia - Comentários?

  em 27-09-2010 22:00 (2358 leituras)

1ª Gincana MTC – IIPDROG – Costão do Santinho (Evento Gratuito)

Aconteceu no último dia 26 de setembro no lado direito da praia do Santinho em Florianópolis a 1ª Gincana MTC para alunos da rede de ensino de Florianópolis. A competição dividiu os participantes em equipes que disputaram pontos nas categorias Nível 1, Nível 2 e caça ao micro lixo por equipes. Foram capturadas 300 uidades de micro lixo na porção direita da praia do Santinho em apenas 15 minutos entre elas: bitucas de cigarro,canudos plásticos, 2 pilhas, anzol, 1 parafuso plástico, copos plásticos, tampas de garrafas e fragmentos de sacolas plásticas, pedaços de cordas de nylon etc. As atividades fazem parte de um conjunto de iniciativas do programa do Projeto Surf Social da OSCIP IIPDROG/SC coordenado pela Regional Sul.

Mais informações no site do www.iipdrog.org.br

Resultados:

Nível 2

  • 1º Dido/ Equipe Laranja
  • 2º Diego/ Equipe Amarela
  • 3º Baia/ Equipe Azul

Nível 1

  • 1º Cássio/ Equipe Azul
  • 2º Lucas/ Equipe Laranja
  • 3º Victor/ Equipe Amarela

Caça ao lixo:

  • 1º Equipe Azul
  • 2º Equipe Laranja
  • 3º Equipe Amarela

Resultado por equipes:

  • 1º Equipe Azul com 130 pontos
  • 2º Equipe Laranja com 100 pontos
  • 3º Equipe Amarela com 70 pontos



Galeria de Fotos...
Classificação: 10.00 (1 voto) - Classifique esta notícia - Comentários?

em 21-09-2010 21:50 (4359 leituras)

A NUTRIÇÃO E O SURF

A alimentação do surfista deve ser saudável e sempre corresponder a sua necessidade individual diária. Através de uma alimentação balanceada o surfista preservará sua composição corporal, aumentando sua resistência ao treino, retardando o cansaço e o mais importante promovendo a melhora de sua performance.

O surf e outros esportes aquáticos exigem necessidades nutricionais aumentadas, devido o valor do gasto energético que o corpo utiliza para a sustentação e locomoção do próprio corpo, além da manutenção da temperatura corporal e equilíbrio em águas agitadas.

Alimentando-se bem, somente haverá benefícios:

- sistema imunológico fortalecido, aumento no tempo de treinamento, recuperação muscular mais acelerada, redução nas chances de lesão e manutenção do peso corporal ideal.

O alimento é a principal fonte de energia para o homem, ele possui nutrientes com funções diversas.

O surfista deve ter consciência, e aprender a se alimentar, ele deve praticar a nutrição equilibrada diariamente, com o intuito de potencializar sua performance e, sobretudo obter qualidade de vida.

Recomendações:

• Beba mais de 10 copos de água por dia, longe das refeições;

• Evite pular as refeições, realize diariamente 5 refeições principais (café da manhã, lanche da manhã, almoço, lanche da tarde, jantar e ceia (se necessário);

• Coma devagar e preste atenção nos alimentos que está ingerindo;

• Não exagere na quantidade de líquidos durante as refeições, o recomendado é menos de um copo e dê preferência para a água;

• Enriqueça sua dieta com fibras, vitaminas e minerais, incluindo diariamente, saladas, legumes e frutas em suas refeições;

• Evite comer alimentos fritos, dê preferência para alimentos cozidos, grelhados ou assados, que forneceram gordura na sua melhor forma.

• Respeite a quantidade e a qualidade do que se come, lembre-se que o alimento é o combustível do seu corpo;

LEMBRETE:

Entre um surf e outro, ingerir carboidratos simples e complexos (ex.: fruta ou suco ou mel ou barrinha de cereal ou doce de leite ou biscoitos integrais = alimentos/ Maltodextrina - dextrose ou gel = suplementos)

Não é indicado esforço físico após grandes refeições, pois durante a atividade física ocorre um desvio do fluxo sanguíneo para todos os músculos solicitados pelo esforço em questão, e durante a digestão ocorre um desvio do mesmo fluxo sanguíneo para a região abdominal, onde está o alimento. Este desvio do fluxo sanguíneo pode diminuir o fluxo do sangue para o cérebro acarretando na congestão.

Lembre-se que para compor uma alimentação balanceada, precisamos saber:

-sexo, idade, altura, se faz atividade física e o estado fisiológico.

Por que não é legal surfar em jejum? ( Isso serve para os alunos também )

Quando dormimos, a velocidade com que nosso organismo funciona (taxa metabólica) diminui, pois estamos em repouso. Entretanto, ao acordarmos imediatamente exigimos um aumento da taxa metabólica.

Numa situação de exercício, no caso do surf, serão necessárias mais calorias para sustentar a movimentação habitual mais a exigida pelo esporte. Sem alimento no organismo, vamos consumir nossa própria massa muscular para gerar energia, processo conhecido como catabolismo.

Muitas pessoas não conseguem comer quando acordam – O que pode se tornar um péssimo hábito que com o tempo afeta o sistema imunológico. Começamos a ficar fracos, gripados e assim por diante. Não podemos esquecer que a massa muscular é que alimenta o sistema imunológico, ou seja, os músculos são providos de aminoácidos de cadeia ramificada e glutamina, além de outros elementos.

A glutamina é o aminoácido responsável pela nossa imunidade. Quando essa reserva cai e não é reposta devidamente através dos alimentos, começamos a consumir o próprio músculo, por isso é importante evitar cair na água em jejum.

O que comer antes de surfar?

O certo seria fazer um bom desjejum com frutas, pão, leite e queijo, mas acordar ainda de noite, passar a parafina na prancha e cair na água é uma das melhores sensações da vida e na maioria das vezes não damos importância ao que comer antes. Então, a dica é a seguinte:

Ao acordar logo cedo, tente ingerir uma combinação de frutas picadas numa tigela com cereais, leite de vaca ou soja e suco de frutas.

Além do esforço físico requerido pela própria atividade, a radiação solar acelera a perda de água, levando o surfista à hipohidratação ou até mesmo à desidratação. É importante beber água à vontade (1 copo de 250ml no mínimo a cada hora) nas 24 horas que antecedem o dia do surf.

Artigo de Vanessa Caldas

Técnica em Nutrição

Contatos: nessanutry@hotmail.com

Classificação: 10.00 (1 voto) - Classifique esta notícia - Comentários?

em 21-09-2010 21:40 (2911 leituras)
Destino Peru/ 5º Intercâmbio Peru x Brasil entre escolas de surf

Com o objetivo de trocar experiências com tops do circuito mundial de surf profissional e pegar altas ondas os orientadores de surf da Escola de Surf Costão do Santinho fazem do Peru seu alvo mais constante em busca do surf de alta qualidade. (surf-trips).

No Perú você pode encontrar muitas atrações, sítios arqueológicos milenares, gastronomia com frutos do mar, boa hospedagem e ondas perfeitas. Muitos profissionais do surf visitam o Perú em busca das ondas mais longas do mundo. O país Perú está localizado ao leste do continente sul americano e é banhado pelo oceano pacífico.

É com foco no litoral peruano que estaremos abordando agora a real oportunidade de evoluir a performance de atletas, oportunidade que está disponível a apenas 6h de vôo! Com partida de Porto Alegre ou São Paulo.

Os principais points de surf ficam em Punta Hermosa á 60 minutos ao sul da capital Lima e ao norte com Chicama e Pacasmaio. Em PuntaPousada Akutiki Peru e desfrutar de direitas como La Isla, Contique e a poderosa Punta Rocas. Ao lado, cerca de 5 minutos ao sul de La Isla você pode conferir Pico Alto, SenhoritasCabaleros. Ondas extensas com o acesso por canais definidos, por onde as ondas quebram em perfeita sincronia entre 3 a 20 pés. você pode se hospedar na (esquerda) e

Dica de surf: praia de Porto Viejo

O surfista Wilson Neves esteve recentemente em Punta Hermosa no Peru, pela quinta vez, e surfou neste pico de esquerdas longas e fortes “próximo a Punta” que proporcionam ao surfista a oportunidade perfeita para produzir muitas manobras. Wilson Neves fez contato com a elite peruana do surf, surfistas de renome internacional como Sofia Molanovique, Magu de La Rosa entre outros. Participou de eventos e campeonatos, visitou as principais escolas de surf, com o objetivo de divulgar a Escola de Surf do Costão do Santinho que completa 17 anos de existência com sede no Costão do Santinho Resort-Spa-Golf.

Sugestão:

Adquira um pacote turístico junto a Dona Lizia Turismo. Desfrute de um roteiro inteiramente seguro e acompanhado por profissionais da Escola de Surf Costão do Santinho, graduados em Turismo, habilitados pela ACES (Associação Catarinense das Escolas de Surf) e CREF3/SC (Conselho Regional de Educação Física).

Contatos: Dona Lizia Turismo: (48) 3284 3298 / 9606 6636

e-mail: comercial@donaliziaturismo.com.br

Peru é o Point de ondas mais constante do planeta!

Classificação: 10.00 (1 voto) - Classifique esta notícia - Comentários?

em 21-09-2010 21:30 (2226 leituras)

Lead: No início as ONGs não eram devidamente fiscalizadas, não havia legislação e estruturas adequadas para verificar as movimentações financeiras das empresas do terceiro setor. Após vários escândalos envolvendo algumas entidades o estado elaborou um rígido e burocrático controle que restringiu drasticamente a quantidade e o surgimento de novas entidades.

A verdade é que pouco se sabe sobre o assunto. Por isso estamos entrevistando nas próximas linhas CARLOS ANTÔNIO BASÍLIO, Presidente nacional do IIPDROG (Instituto Internacional de Prevenção ás Drogas) que possui uma sede: Regional Sul em Florianópolis. Basílio foi um estudante brilhante que mesmo sem ser legislador se destacou criando leis que foram aprovadas na câmara municipal em Curitiba no estado do Paraná, fundou e preside OSCIPs importantes como o IIPDROG que realiza ações comunitárias na área de prevenção as drogas, a exemplo do bem sucedido Projeto Surf Social em Florianópolis. Basílio como é conhecido ficou famoso nacionalmente no universo das ONGs quando suas leis aprovadas em Curitiba lhe renderam algumas matérias jornalísticas. Recentemente aprovado em concurso público para Florianópolis Basílio pretende intensificar sua atuação em Florianópolis.

Quando e com que finalidades nasceram as ONGs, Oscips?

R: As ONGS nasceram com a finalidade de ajudar as comunidades mais carentes, sendo ao mesmo um “ Braço” do poder público ( 1º Setor ) na solução de problemas sociais . Com o passar do tempo este objetivo foi se destorcendo fugindo da finalidade social dentro das próprias entidades, sendo que algumas passaram a se transformar em instrumentos políticos para desvio de dinheiro público, inclusive a mando de políticos, banalizando e manchando a imagem deste segmento. Até hoje há entidades sérias que sofrem com o preconceito institucional perante empresas e o poder público que criaram mecanismos que visam “filtrar” as boas e más entidades. Graças a este controle rígido as Entidades que realmente trabalham em prol da população merecem o reconhecimento da sociedade catarinense e brasileira, e graças a sua competência estão recebendo constantemente investimento e recursos. Quanto as OSCIPS, esta sigla se confunde como sendo uma ONG diferente, mas para esclarecimento de todos é uma certificação concedida pelo Ministério da Justiça para as ONGS, pois a sigla OSCIP significa ORGANIZAÇÃO DA SOCIEDADE CIVIL DE INTERESSE PÚBLICO regida pela lei Federal 9.790/99. Criada e idealizada em 1999 pela Ex-Primeira dama Ruth Cardoso (IN MEMORIAN), esposa do ex-Presidente Fernando Henrique Cardoso, a qual viu a necessidade de criar para as entidades sociais uma certificação que lhes desse a condição de incentivar as empresas ajudarem as associações em seus projetos por meio inclusive de incentivos fiscais que neste caso podem chegar a 2% deduzidos do Imposto de Renda sobre lucro operacional, desde que a empresa seja de lucro real perante a RECEITA FEDERAL.

O que são ONGs e Oscips existe alguma diferença?

R: ONG é um nome (Sigla) de fantasia estrangeira criada na época em que foi instituída a ONU (Organização das Nações Unidas), mas o correto é falar de Associação. Existe sim diferença entre as duas siglas, pois ONG é uma associação e OSCIP é uma certificação concedida pelo Ministério da Justiça para as ONGS (entidades sociais) e cuja sigla significa ORGANIZAÇÃO DA SOCIEDADE CIVIL DE INTERESSE PÚBLICO e é regida pela Lei Federal 9.790/99.

Para que servem?

R: ONGS (Associações) foram criadas com o objetivo de atender as necessidades sociais, fazendo o bem comum para a comunidade, enquanto que a certificação de OSCIP foi criada em 1999 com a finalidade de incentivar as empresas a ajudarem as entidades sociais no apoio a projetos sociais, inclusive aqueles nos quais o governo (Poder Público) não pode apoiar ou gerir e que atendem a comunidade realizando objetivos sociais.

Quais as reais possibilidades de uma ONG (Associação) servir como estrutura física, fiscal, operacional para o desenvolvimento sustentável de uma comunidade?

R: As possibilidades são reais de uma ONG (Associação) servir como um forte elo de ligação, “em todos os sentidos” entre o poder público e a comunidade. Pois ela pode ser utilizada como canal legítimo de apoio e negociação entre a comunidade e a esfera pública. Mas além das certificações e autorizações legais é essencial que haja uma equipe preparada, bons projetos para que se possa desenvolver um trabalho sério e comprometido. Alinhado com os propósitos do poder público local que muito precisa de parcerias comunitárias com entidades sociais, para atender ou cumprir seu objetivo social junto ás comunidades.

Então é possível adquirir terrenos da PMF, receber doações, construir um equipamento de skate, uma praça de esportes?

R: Não conheço profundamente a política social da Prefeitura de Florianópolis, nem tampouco o Plano Diretor do Município, mas pelo que conheço de legalidade e legitimidade na relação entre poder público e entidade social e comunidade, é possível a Prefeitura conceder na forma de comodato (Contrato público por tempo determinado para entidades sociais) ou de doação direta por meio de decreto, um terreno público para a entidade ajudar e atingir um determinado objetivo social dentro de uma comunidade. A Prefeitura mediante reivindicação de moradores de uma comunidade e por meio de abaixo-assinado, inclusive pode atender este pedido coordenado por uma associação de moradores ou entidade representativa dos boardriders locais.

Quantas ONGs, Oscips estão legalizadas em Fpolis?

R: Não sei te precisar quantas ONGS ( Associações ) e OSCIPS(Entidades sociais certificadas pelo Ministério da Justiça ) estão legalizadas em Florianópolis, mas são poucas que possuem as Utilidades Públicas municipal e estadual deste Município, e a certificação de OSCIP segundo informou o meu Coordenador Regional morador nesta cidade.

Fale um pouco do trabalho realizado pela equipe da Regional Sul aqui em Florianópolis:

R: Tenho que agradecer ao Governo do Estado de Santa Catarina por meio do Fundo Social, que ajudou no desenvolvimento do Projeto SURF SOCIAL, em 2009, coordenado pelo IIPDROG-SC na pessoa do Coordenador da Região Sul, Prof. Fabrício Caldas e Equipe de trabalho, pois a entidade já está estabelecida aqui há (4) anos e graças á dedicação e empenho de nosso Coordenador Regional Prof. Fabrício Caldas e equipe.

A equipe vem evoluindo nas parcerias, apoios e crescimento institucional a cada período que passa, sendo motivo de orgulho e referência para as demais regionais e para matriz localizada em Curitiba-PR. O sucesso deste projeto foi grandioso e angariou novos parceiros em 2010 como a ELETROBRAS-ELETROSUL que apoiou e patrocinou o PROJETO SURF SOCIAL versão 2009-2010 classificado entre os 25 projetos aprovados pela instituição, dos 445 projetos analisados das demais entidades sociais da região Sul do Brasil. O patrocínio significou para o IIPDROG o reconhecimento sincero e espontâneo da comunidade catarinense pela seriedade, funcionalidade, eficácia e acolhimento deste trabalho realizado pela entidade em Santa Catarina. O grande diferencial do IIPDROG está no uso sustentável de áreas de preservação visto que os bairros Santinho e Ingleses não possuem equipamentos esportivos públicos e as praias de Ingleses, Santinho, e Mole servem de palco para as atividades.

De que forma o Projeto Surf Social foi acolhido pela comunidade e o poder público local aqui em Florianópolis?

R: De forma muito cordial, pois não só o Governo Estadual nos ajudou nos eventos de surf realizados pela Coordenadoria Regional da Região Sul, mas fomos muito bem acolhidos por autoridades políticas de renome de Florianópolis e de Santa Catarina, incentivando muito o desenvolvimento de trabalhos comunitários junto a entidades sociais com uma equipe muito preparada para acolher e atender as lideranças comunitárias e isto muito nos motivou a fazer deste trabalho do IIPDROG, o mais adequado possível para atender a comunidade. A Prefeitura de Florianópolis por meio da Fundação Municipal de Esportes de Florianópolis nos ajudou nos eventos do Circuito de surf Social e sempre participa de nossos eventos. Precisamos agradecer o apoio das empresas Costão do Santinho Resort-Spa-Golf, mormaii sunglasses, Eletrosul-Eletrobrás, SUN Camisetas, pranchas MARÉ, Farmácia VIDA, Cia da Saúde Ingleses, Mole Ecovilage Hotel, Floripa Surf Clube, Escola de Surf Costão do Santinho, Power Light pranchas, loja Itararé, Clínica de Surf, ZSAh ZSAh, Salva-Surf Resgate, Designer Atual, ACES (Associação Catarinense das Escolas de Surf), Fecasurf (Federação Catarinense de Surf), CREF3/SC, Vila Clube, TRUZZ neoprenes, Power light entre outras

Qual o grau de importância do desempenho e atuação das ONGs, para o desenvolvimento sustentável do país?

R: É grande e essencial, pois as ONGS (Associações) servem como braço externo do poder público na identificação dos problemas sociais que afetam uma determinada comunidade, uma vez que ele precisa rever em termos de conceito, que as ONGS não vieram para fazer competições sociais para solução de problemas comunitários e sim como parceiras que estão complementando todo um trabalho onde o poder não pode alcançar. A sustentabilidade também tem que ser vista sob outros aspectos pela iniciativa privada que precisa atuar mais efetivamente junto a comunidade e é por meio das ONGS (Associações) que este segmento pode ajudar.

Contudo: “É importante saber que para alcançar a sustentabilidade nós precisamos da união e empenho do poder público, das empresas e da comunidade.” Professor Cauê da disciplina de Introdução ao Turismo do Curso de Graduação em Hotelaria e Turismo da UNISUL campus Norte da Ilha

ONGs na Amazônia, é verdade que ONGs internacionais estão usando suas sedes na Amazônia para ter acesso a captação e posteriormente patentiar tecnologia na área de farmacologia e remédios?

R: As informações repassadas pela mídia indicam que é verdade, pois o Governo Federal deveria criar mecanismos mais eficientes para fiscalizar as áreas de fronteira da Amazônia, pois nosso país está perdendo muitos recursos naturais por conta do “roubo” desordenado de tecnologias naturais para estrangeiros. O código de florestas

está sendo apreciado pelo Congresso Nacional para ser aprovado em uma boa hora. Mas nossos parlamentares brasileiros, sobretudo os ambientalistas precisam atentar para este problema para que não haja brechas na legislação brasileira, coibindo desta forma a entrada de empresas ou ONGS estrangeiras na Floresta Amazônica para o desenvolvimento de determinadas atividades.

­­­­­­­­­­­­­________________________________________________________________________________________________________

Contatos:

Prof. Fabrício Caldas – Coordenador Regional da Sul

Fone: (0xx48) 9602-7359

E-mails: escolinhadosurf@yahoo.com.br iipdrog@pop.com.br

Pelo site:www.iipdrog.org.br

Classificação: 10.00 (1 voto) - Classifique esta notícia - Comentários?

  em 21-09-2010 13:00 (1887 leituras)
1a. Gincana Sócio Esportiva - 26 de Setembro
Costão do Santinho & IIPdrog




Contamos com sua participação.
Fabrício Caldas

Classificação: 10.00 (1 voto) - Classifique esta notícia - Comentários?

  em 04-09-2010 02:00 (3539 leituras)
A Escola de Surf Costão do Santinho abre 3 vagas em seus quadros para estágio com vistas a temporada de verão 2011. Exigimos curso de auxiliar e orientador de surf ACES, Certificado de APH e Salvamento com pranchas pelo Salva-Surf.
OBS.: Os cursos de educação física e turismo podem pleitear por vagas, nós iremos encaminhar os possíveis alunos selecionados a realizarem os cursos exigidos via ACES.

Contato: Fabrício Caldas
Fone: (48) 9602 7359
E-mail: escolinhadosurf@yahoo.com.br

Contato: Fabrício Caldas
Fone: (48) 9602 7359
E-mail: escolinhadosurf@yahoo.com.br
Classificação: 10.00 (1 voto) - Classifique esta notícia - Comentários?

  em 01-09-2010 13:40 (1977 leituras)

Gestão e Prática do Surf

Os responsáveis pela Escola de Surf Costão do Santinho estão ministrando aulas sobre Gestão e Prática do surf na 8ª fase do curso de Educação Física da Unisul campus Pedra Branca no município da Palhoça. O Módulo surf se divide entre prática na piscina (iniciação ao Surf), aulas sobre gestão, responsabilidade social e ambiental em sala de aula e aulas práticas de surf e visitação as instalações da escola de Surf do Costão do Santinho no Costão do Santinho Resort.

Fabrício Caldas
Bacharel em Turismo
CREF3/SC
Pós Graduado Gestão e Treinamento do Surf
Wilson S. Neves
Competidor
Empresário
Orientador ACES
Classificação: 10.00 (1 voto) - Classifique esta notícia - Comentários?

em 20-03-2010 18:53 (1864 leituras)
Classificação: 10.00 (1 voto) - Classifique esta notícia - Comentários?

em 06-03-2010 18:50 (6522 leituras)

A Escola de Surf Costão do Santinho acaba de completar dia 2 de março 16 anos de existência. A Escola do Costão realizou eventos, mantém durante todo o ano um posto de salvamento com pranchas no Santinho e o Projeto Surf Social. Possue um quadro de Orientadores altamente qualificados. Faz parte da ACES e está em dia com o CREF3/SC, PMF e demais órgãos credenciadores.

A festa de comemoração do aniversário rolou na Loja Clínica do Surf no Santinho com o regae da banda Dádiva, buffet integral, sushi e salgadinhos. E contou com a presença ilustre do consagrado ator Global Kadu Moliterno que estava junto de sua filha Lanai Moliterno.

Kadu já participa a algum tempo de eventos ligados ao Costão do Santinho e Escola de Surf Costão do Santinho. O ator ama Florianópolis e sempre que pode faz a ponte aérea para surfar e mergulhar no Santinho ao norte da "ilha". Kadu apoia a ONG IIPDROG que é parceira da Escola de Surf e realiza o projeto surf social junto a Escola Pública Maria Tomázia no bairro Santinho. Informe-se sobre a escola e seus projetos atuais no site www.iipdrog.org.br

Foto da equipe Escola de Surf Costão do Santinho da esquerda para a direita: Vanessa e Fabrício Caldas, Wilson Neves, Lanai, Kadu Moliterno, Alailson Chinaso e Nilo Mieres


Foto: Natan Quint

Classificação: 10.00 (1 voto) - Classifique esta notícia - Comentários?
Artigos de Surf e Educação Escolas de Surf ACES Projetos ACES Artigos de Meio Ambiente e Sustentabilidade Artigos de Competição
Informações Importantes Projetos Sociais Executados por Escolas de Surf Artigos de Surf e Saúde Mundo do Surf - SurfNews Área para Associados, Proprietários e Orientadores de Surf ACES

Fortaleça sua empresa.

Valorize sua marca.

Apoie uma Escola ACES e
faça parte de uma rede de educadores empreendedores.

ACES unindo talentos e fortalecendo a educação e o esporte em Santa Catarina.

Incluir link da ACES em seu site:
Federação Catarinense de Especialistas e Escolas de Surf e Stand Up Paddle

Copie o texto acima e cole em seu site.

Lista das Escolas de Surf Credenciadas ACES


SANTUR Ministério do Esporte Prefeitura Municipal de Florianópolis GOVERNO DE SANTA CATARINA
facebook
Escolas de Surf
twitter
RSS ACES SURF
rss

 

 

ESCOLA DE SURF, ESPECIALISTA, SURFSCHOOL, SANTA CATARINA, ESCOLA, SURF, STANDUPPADDLE, SUPTRIP, AVENTURA, WATERSPORTS, ACES, FLORIPA, PRAIAMOLE, ESCOLINHA, INGLESES, ECO, FLORIANOPOLIS, QUALIDADE DE VIDA, QUALIDADE, SALVA SURF, EDUCACAO, AMBIENTAL, CAPACITACAO, TREINAMENTO, QUALIFICACAO, SUSTENTABILIDADE, BRAVA, JOAQUINA, SURF SCHOOL, BARRA DA LAGOA, BRAVA, PADDLE, STANDUP, SUP, VIAGEM, SURFLESSONS, CAMPECHE, INGLESES, ACORES, LAGOINHA, MATADEIRO, CAPACITACAO, QUALIFICACAO, MORRO DAS PEDRAS, NAUFRAGADOS, PONTA DAS CANAS, BARRA DA LAGOA, LAGOA DA CONCEICAO, ESCOLA DE SURF, SURF TREINO , COMPETICAO , SURF AVANCADO, SURF , COMPETICAO, SURF SAFARI, SURF TOURS, SUPORTE TECNICO, CARENTES, CONSULTORIA