Entrar

Usuário:

Senha:


Esqueceu a senha?

Parceiros ACES

CONSELHO REGIONAL DE EDUCAÇÃO FÍSICA DE SANTA CATARINA

Surfguru

Câmeras ao vivo | 24h on-line | Maaxcam

SANTA CATARINA TURISMO S.A.

Parceria ACES e Universidade do Estado de Santa Catarina - UDESC

FEDERAÇÃO CATARINENSE DE SURF

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE SURF

INSTITUTO BRASILEIRO DE SURF

Guia Floripa - O Guia de Florianópolis na Internet - Hotéis, Pousadas, Imóveis, Restaurantes, Bares, Festas, Eventos e muito mais.

SURF NEWS

SURF NEWS

DIVULGUE ACES

Incluir link da ACES em seu site:

ACES - Associa��o Catarinense das Escolas de Surf

Copie o texto acima e cole em seu site.
Escolas de Surf ACES Artigos de Surf e Educação Projetos ACES Artigos de Meio Ambiente e Sustentabilidade Artigos de Competição e Resultados
Informações Importantes Projetos Sociais Executados por Escolas de Surf Artigos de Surf e Saúde Mundo do Surf - SurfNews Área Restrita para Sócios
RSS

em 23-08-2017 21:10 (188 leituras)

1 - Equipamento de segurança - Aconselhamos para quem inicia o stand up paddle - supsurf a utilização de coletes de salva-vidas. Contudo, não são coletes comuns, pois os coletes conhecidos inibem a movimentação do praticante. Aconselhamos coletes mais finos, próprios para a prática de stand up paddle, pois visam apenas uma flutuação mínima necessária, não se tratando de equipamento de segurança para alto mar, ou para corredeiras.

2 - Cuidar da postura - O supsurf, stand up paddle, trabalha muito o centro de gravidade do praticante, o que é ótimo para coluna, ligamentos, musculatura abdominal. Contudo, importantíssimo permanecer com uma postura correta. O melhor é pegar umas aulinhas, para remar corretamente e aproveitar o melhor do condicionamento físico que este esporte pode proporcionar. Contudo, como aqui é uma coluna de dicas, seguem algumas sobre postura. Primeiramente, alinhe os seus pés paralelamente, lado a lado (como se você estivesse parado). Afaste-os quase na largura de seus ombros. Flexione levemente os joelhos. Quando fores remar, não incline o tronco para frente, apenas agache um pouco, levemente, e mantenha o tronco ereto, na vertical.

3 - Não reme cansado - O cansaço é uma constante para quem inicia o stand up paddle surf, supsurf. Com o tempo você poderá permacecer várias hora remando. Contudo, no início, recomenda-se que, aos primeiros sinais de cansaço, o praticante pare imediatamente de remar. Isso pode ser feito na própria prancha, diante da grande flutuação da prancha, que permite que você fique até deitado ou sentado na prancha. Mas o recomendável mesmo é que a parada seja efetuada fora da água.

4 - Aprenda técnicas de queda - Nunca caia, jogue-se! Procure não afundar muito em relevos ou profundidades desconhecidas. Certa vez, saltei da prancha pensando que não dava pé, mas a profundidade era, naquele local, 30 centímetros.

Diante de tais circunstâncias, algumas dicas: o seu centro de gravidade do praticante fica no umbigo, mantendo uma em relação a superficie da água, quando mais próximos esses dois pontos, mais equilibrado fica o praticante. Logo, quando perderes um pouco o equilíbrio, busque-o ficando agachado. Assim, se a queda for inevitável, o impacto será menor, pois o corpo estará quase na superfície da água.

5 - Reme em dias de pouco vento . - O vento atrapalha um pouco a prática do stand up paddle, principalmente para iniciantes, pois o nosso corpo serve como uma "vela", sendo que podemos ser empurrados pelo vento a direções indesejadas. Assim, na hora de planejar uma remada, é importantes atentar-se a tais detalhes.

6 - Reme em locais conhecidos e de água parada - Quem inicia não tem nenhuma noção de manobras e do comportamento da prancha. Dessa forma, a iniciação em água parada permite à pessoa a simbiose com a prancha de SUP. O SUP, stand up paddle, não é um esporte que exige força ou resistência do praticante, exige, sim, jeito, afinidade, entre o praticante e a prancha. O corpo responde instintivamente com a água, e com o passar do tempo, o praticante não presta mais atenção no equilíbrio, é uma questão de costume.

7 - Faça aulas para adiantar processos de conhecimento. - Aconselhamos que o praticante faça algumas aulas, pois a prática orientada sempre proporciona um aprendizado mais rápido e seguro.

8 - Não remar sozinho. - Talvez a nossa melhor dica para iniciantes. Nunca reme sozinho. Procure sempre a companhia de um amigo. Além de mais aprazível, é mais seguro. Remadas em grupos maiores são muito legais.

Classificação: 0.00 (0 votos) - Classifique esta notícia - Comentários?
em 23-08-2017 21:09 (164 leituras)

1 - Planeje o seu trajeto - É muito bom saber para onde se vai, quais os pontos de escape, descanso e de contatos. Isso torna o esporte mais seguro. Lembre-se, respeite a natureza e a água.

2 - Buscar um local no qual o praticante conheça a profundidade - Na prática do SUP, stand up paddle, podem ocorrer quedas. Por tais motivos, importante saber onde você vai cair. Infelizmente, existem lagos e rios com fundos irregulares. São árvores, vidros, lixo, enfim, vários objetos, geralmente, pequenos acidentes ecológicos, os quais comprometem a composição do fundo. Desse modo, o ideal é a iniciação em piscinas, açudes, ou locais com boa profundidade e profundidade de composição do findo conhecidas.

Classificação: 0.00 (0 votos) - Classifique esta notícia - Comentários?
em 23-08-2017 21:09 (171 leituras)

1 - Muito cuidado com a corrente - Se você frear a prancha, não pense que ela vai parar, ela vai seguir a corrente. Isso pode causar acidentes, levando o praticante em direção a obstáculos indesejáveis.

2 - Evite com antecedência possíveis obstáculos - Apesar de a corrente de um rio ser muito lenta, ela possui uma força muito grande, sendo que se uma prancha de stand up paddle trancar em um obstáculo, a corrente poderá prensar o praticante ou até quebrar a prancha. Parece improvável, mais é mais comum do que se pensa.

3 - Não reme no meio do rio - Procure, sempre que possível, remar mais a margem do rio, não muito, pois a margem é um obstáculo. As embarcações constumam navegar na parte central do rio, sendo que quando verificada uma aproximação de embarcação estando mais na margem, é possível remar para a beira do rio, evitando colisões ou quedas.

4 - Cuidado ao passar por pontes - Algumas vezes é necessária a travessia de pontes. Por isso, tome cuidado com as embarcações. O ideal é aproximar-se do obstáculo com a frente da prancha contra a corrente, isso lhe permite ficar parado com mais facilidade, remando levemente pra frente, contra a correnteza. Verificado que não exitem embarcações ou trâfego, ultrapasse rapidamente a ponte.

5 - Utilize roupas com cores fortes - Essa técnica permite que você seja visto pelas embarcações. Aconselhamos coletes da cor laranja, pois chamam muito a atenção. Algumas embarcações alcançam velocidades altas, sendo que muitas vezes é possível que os condutores não enxeguem o praticante de stand up paddle.

6 - Navegue sempre pelas laterais dos rios - Navegue próximo a margem, nunca no meio do rio. As embarcações chegam rapidamente, e podem não ver você.

7 - Ondulações proveniente de embarcações - Ao passar por uma embarcação, vire a prancha transversalmente para cruzar as ondas geradas. Elas costumam derrubar os principiantes. Caso vocên não se sinta muito seguro, ajoelhe-se e espere a ondulação passar. Com o tempo a ondulação provocada pelas embarcações viram diversão.

8 - Cuidar para Não Anoitecer - Programe o horário inicial e final de sua remada, calculando o horário do por do sol. Dê uma ótima margem de segurança, pois você, em um rio, iniciará sua remada em um local e terminará em outro, se escurecer antes do local da chegada, isso vai lhe gerar um problema muito sério, pois terá que sair da água em um lugar desconhecido, e não estará no local de chegada combinado com a equipe de apoio. Já terminei uma remada no limite de horário, quase sem visibilidade, e, acreditem, é um sensação não muito legal.

Classificação: 0.00 (0 votos) - Classifique esta notícia - Comentários?
em 28-11-2013 16:30 (10688 leituras)

A Federação Catarinense de Stand Up Paddle, designada pela insígnia FECASUP, fundada em 19/11/2011, na cidade de Florianópolis/SC, com sede e foro no município de Florianópolis/SC, Santa Catarina, Brasil, é uma entidade sem fins lucrativos e/ou econômicos, de caráter desportivo, com prazo de duração indeterminado, formada pelas suas filiadas, e tem por fim coordenar e organizar todos os aspectos relativos ao ensino, prática e gestão da modalidade de Stand Up Paddle Surf no âmbito do Estado de Santa Catarina, bem como representar o Stand Up Paddle Surf Catarinense para todos os fins no restante do território nacional e internacional.

§ 1º - A FECASUP é uma entidade sem vinculação de qualquer natureza partidária, política ou religiosa, não sendo permitida qualquer discriminação de raça, religião, cor ou sexo.

§ 2º -  A FECASUP, como entidade Estadual de Administração do Desporto da modalidade de Stand Up Paddle Surf, é filiada à Associação Brasileira de Stand Up Paddle, designada pela sigla ABSUP, e por esta reconhecida como a única entidade responsável pela organização do ensino,  prática e gestão da modalidade no âmbito territorial do Estado de Santa Catarina, bem como pela representação do Stand Up Paddle Surf Catarinense perante toda e qualquer pessoa física e jurídica de direito público ou privado.

§ 3º - A FECASUP será representada, ativa e passivamente, judicial e extrajudicialmente, por seu Presidente.

§ 4° -   A FECASUP, gozando de autonomia administrativa quanto à sua organização e funcionamento, por si ou pelos seus Poderes, Órgãos e Dirigentes, não exerce nenhuma função delegada do Poder Público, nem se caracterizam como entidade ou autoridade pública.

§ 5º -   A FECASUP é reconhecida por suas Filiadas e por terceiros que estejam envolvidos direta ou indiretamente com a organização ou a prática desportiva da modalidade Stand Up Paddle Surf, como sendo legítima detentora das regras de ensino e prática da respectiva modalidade no âmbito territorial do Estado de Santa Catarina, regulando-se tal ensino e prática pelas regras da modalidade, emanadas da Watermen League, do Conselho Estadual de Educação Física de Santa Catarina – CREF-SC, da Associação Catarinense de Especialistas em Surf e Escolas de Surf, da Capitania dos Portos, sujeitando-se às normas e regulamentos adotados e à ela impostos pela ABSUP, naquilo que couber.

§ 6º - Entende-se para fins de interpretação deste Estatuto como sendo Stand Up Paddle Surf a modalidade em si e suas variantes necessárias ou facultativas.

Classificação: 0.00 (0 votos) - Classifique esta notícia - Comentários?
  em 29-11-2012 15:00 (1319 leituras)

Empresa outlinesbr tem preço diferenciado para as escolinhas parceiras Outlines. O preço varia de acordo com o volume, atualmente temos capacidade para fabricar 10 SUP´s por dia, temos um galpão somente para laminação epoxi e outra instalação para poliester e usinagem. Como cuidamos de todo o processo, garantimos prazo (20 dias no máximo) e qualidade.

Tipo do pedido de SUP & Valor

  • A vista e acima de 5 pranchas R$ 2.000,00
  • A vista e abaixo de 5 pranchas R$ 2.150,00
  • Mais de 5 pranchas e em 30 dias R$ 2.150,00
  • Menos de 5 pranchas e em 30 dias R$ 2.300,00


Observações:

  • A cada 7 pranchas vendidas a escolinha ganha 1 equivalente;
  • Pintura do fundo é Outlines;
  • Pintura do Deck a parte;
  • Logo da escolinha no Deck Incluso;
  • Preferencialmente ir com Antiderrapente (Deck) Outlines e borracha adesiva protetora na borda;
  • Possível negociar 1 prancha em consignação por 1 mês (Se entregar "nova" ok, senão, paga o preço acima);
  • Pode ficar com a prancha de consignação se a escolinha vender apenas 5 pranchas;
  • Se a escolinha comprar mais de 5 pranchas, pode pegar 2 em consignação.

Quem estiver interessado entrar em contato ou encaminhar sua necessidade no evento que ocorrerá nestes três finais de semana de dezembro:

Classificação: 0.00 (0 votos) - Classifique esta notícia - Comentários?

  em 12-11-2012 16:00 (2307 leituras)

Brazzos- o Stand Up portátil- Vantagens para os consumidores e lojistas! Preço especial para escolas de surf!

Brazzos desenvolveu uma linha exclusiva de Stand Up Paddles infláveis, fabricados com materiais da mais alta qualidade e tecnologia, são super rígidos, estáveis, duráveis e fáceis de transportar, o kit completo vem dentro de uma mochila e contem: prancha, bomba de alta pressão, quilha removível,(exceto no modelo SP) leash, kit reparo, remo, mochila e uma cadeirinha removível no modelo SP.


Além das vantagens de praticidade para os consumidores, os Brazzos também são super vantajosos para os lojistas, uma vez que agora eles podem vender Stand Ups sem precisar ter um espaço muito amplo na loja! 

Além disso Brazzos é uma ótima opção para escolinhas de Surf, onde pode ser exposto e usado em aulas para demonstrar seu desempenho.

Brazzos também se acomoda facilmente em embarcações, sendo uma nova alternativa de esporte náutico quando os barcos estiverem ancorados.

Veja abaixo um pequeno material que criamos para mostrar nossa linha completa de SUP infláveis. 

A nossa linha é constituída de 3 modelos:

S nas cores laranja e branca e azul.(2 quilhas fixas e uma removível)

SS na cor branca e vermelha (2 quilhas fixas e uma removível)

SP nas cores branca e amarela.(3 quilhas fixas e cadeirinha desmontável)

 

Gostaríamos muito de ouvir o que você tem a dizer sobre os Brazzos!!

Entre em contato conosco, através do email: contato@brazzos.net

Ou através do nosso facebook: http://www.facebook.com/pages/Brazzos/365211763554446?ref=hl

Classificação: 0.00 (0 votos) - Classifique esta notícia - Comentários?
Artigos de Surf e Educação Escolas de Surf ACES Projetos ACES Artigos de Meio Ambiente e Sustentabilidade Artigos de Competição
Informações Importantes Projetos Sociais Executados por Escolas de Surf Artigos de Surf e Saúde Mundo do Surf - SurfNews Área para Associados, Proprietários e Orientadores de Surf ACES

Fortaleça sua empresa.

Valorize sua marca.

Apoie uma Escola ACES e
faça parte de uma rede de educadores empreendedores.

ACES unindo talentos e fortalecendo a educação e o esporte em Santa Catarina.

Incluir link da ACES em seu site:
Federação Catarinense de Especialistas e Escolas de Surf e Stand Up Paddle

Copie o texto acima e cole em seu site.

Lista das Escolas de Surf Credenciadas ACES


SANTUR Ministério do Esporte Prefeitura Municipal de Florianópolis GOVERNO DE SANTA CATARINA
facebook
Escolas de Surf
twitter
RSS ACES SURF
rss

 

 

ESCOLA DE SURF, ESPECIALISTA, SURFSCHOOL, SANTA CATARINA, ESCOLA, SURF, STANDUPPADDLE, SUPTRIP, AVENTURA, WATERSPORTS, ACES, FLORIPA, PRAIAMOLE, ESCOLINHA, INGLESES, ECO, FLORIANOPOLIS, QUALIDADE DE VIDA, QUALIDADE, SALVA SURF, EDUCACAO, AMBIENTAL, CAPACITACAO, TREINAMENTO, QUALIFICACAO, SUSTENTABILIDADE, BRAVA, JOAQUINA, SURF SCHOOL, BARRA DA LAGOA, BRAVA, PADDLE, STANDUP, SUP, VIAGEM, SURFLESSONS, CAMPECHE, INGLESES, ACORES, LAGOINHA, MATADEIRO, CAPACITACAO, QUALIFICACAO, MORRO DAS PEDRAS, NAUFRAGADOS, PONTA DAS CANAS, BARRA DA LAGOA, LAGOA DA CONCEICAO, ESCOLA DE SURF, SURF TREINO , COMPETICAO , SURF AVANCADO, SURF , COMPETICAO, SURF SAFARI, SURF TOURS, SUPORTE TECNICO, CARENTES, CONSULTORIA