Entrar

Usuário:

Senha:


Esqueceu a senha?

Parceiros ACES

CONSELHO REGIONAL DE EDUCAÇÃO FÍSICA DE SANTA CATARINA

Surfguru

Câmeras ao vivo | 24h on-line | Maaxcam

SANTA CATARINA TURISMO S.A.

Parceria ACES e Universidade do Estado de Santa Catarina - UDESC

FEDERAÇÃO CATARINENSE DE SURF

undefined undefined undefined undefined undefined

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

undefined
undefined

CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE SURF

INSTITUTO BRASILEIRO DE SURF

Guia Floripa - O Guia de Florianópolis na Internet - Hotéis, Pousadas, Imóveis, Restaurantes, Bares, Festas, Eventos e muito mais.

SURF NEWS

SURF NEWS

DIVULGUE ACES

Incluir link da ACES em seu site:

ACES - Associa��o Catarinense das Escolas de Surf

Copie o texto acima e cole em seu site.
Escolas de Surf ACES Artigos de Surf e Educação Projetos ACES Artigos de Meio Ambiente e Sustentabilidade Artigos de Competição e Resultados
Informações Importantes Projetos Sociais Executados por Escolas de Surf Artigos de Surf e Saúde Mundo do Surf - SurfNews Área Restrita para Sócios

em 26-02-2011 13:23 (9735 leituras)

Perguntas Freqüentes Sobre o ASP World Tour

  • O que é a ASP?
  • O que é o ASP World Tour?
  • Como deve ser chamado? O que aconteceu com o WCT?
  • Como se classifica para o ASP World Tour?
  • Quantos surfistas participam do ASP World Tour?
  • Quantos surfistas se classificam através do WQS para o ASP World Tour?
  • Como são escolhidos os Wildcards (surfistas convidados) para o ASP World Tour?
  • O que é a WPS (World Professional Surfers)?
  • O que são as Triagens dos Eventos do ASP World Tour?
  • O que é o WQS da ASP?
  • Quantos surfistas participam do WQS da ASP?
  • O que são os Eventos Super Primes do WQS da ASP?
  • Como que o Ranking funciona?
  • O que é prioridade?
  • O que é o Período de Espera?
  • O que significa quando um Evento é "Móvel"?
  • Todos os Eventos são "Movéis"?
  • O que é um convidado do Evento?
  • Quantos dias são necessários para se realizar um Evento?
  • O que são os critérios de Julgamento?
  • Como as ondas são pontuadas?
  • Quantas ondas são computadas?
  • A pontuação das ondas diferem entre o ASP World Tour e o ASP World Qualifying Series (WQS)?
  • O que é o Sistema Online de Gerenciamento dos Filiados da ASP?
  • Quem é o responsável pela movimentação dos pagamentos feitos através do Sistema Online de Gerenciamento dos Filiados da ASP?





  • O que é a ASP?

    A ASP é a Associação dos Surfistas Profissionais. É o principal órgão do Surfe Profissional Mundial. Possui os direitos sobre os seis circuitos de surfe profissionais, incluindo: o ASP World Tour, o ASP World Qualifying Series (WQS), o ASP World Longboard Tour (WLT), o ASP Pro Junior Series, o Campeonato Mundial Master, e os Eventos Especiais. A organização e o gerenciamento de todos estes eventos estão divididos em sete Escritórios Regionais diferentes: África, Japão, Australásia, Europa, Hawaii, América do Norte e América do Sul. A ASP World Tour é o responsável por apresentar os melhores e mais talentosos surfistas do mundo em uma grande variedade de formatos de competição e em locais desafiadores desde 1983, tendo substituído uma antiga associação, a International Professional Surfers (IPS) organização que regeu o esporte de 1976 a 1982.

  • O que é o ASP World Tour?

    O ASP World Tour é o circuito profissional mais importante da ASP e também conhecido como Dream Tour. Ele é disputado tanto na categoria masculina como na feminina. A divisão Masculina é composta pelos 45 melhores surfistas profissionais do mundo, e as mulheres pelas 17 melhores atletas. Surfistas tanto os homens como as mulheres se classificam para o ASP World Tour, através do ASP World Qualifying Series (WQS). Toda temporada, os surfistas do World Tour competem por uma premiação em dinheiro e pelo cobiçado titulo de Campeão Mundial da ASP. Os eventos do ASP World Tour são realizados em locais exóticos ao redor do mundo com o apoio dos patrocinadores e dos licenciados dos eventos. Desfrutar de onze eventos por temporada para os homens e sete para as mulheres, em locais com excelentes ondas e uma atraente premiação em dinheiro, torna o ASP World Tour o mais desejado circuito profissional do surf de competição.

  • Como deve ser chamado? O que aconteceu com o WCT?

    A partir de 2007, o Circuito Mundial da ASP deixou de ser chamado de WCT. Os circuitos mundiais de agora em diante são chamados de ASP World Tour para os homens e ASP World Tour Feminino para as mulheres. Estes nomes serão exibidos em todas as notícias da ASP e são os nomes corretos para ambos os circuitos.

  • Como se classifica para o ASP World Tour?

    A única forma de se qualificar para o ASP World Tour é através do ASP World Qualifying Series (WQS). Ao acumular pontos ao longo da temporada, os surfistas do ASP WQS disputam uma chance de se classificar para o ASP World Tour. A pontuação final total é composta pelos 7 melhores resultados do surfista na temporada. Os 15 melhores surfistas do WQS masculino da ASP garantem uma vaga no ASP World Tour Masculino do ano seguinte. As 6 melhores surfistas mulheres classificadas no WQS Feminino também garantem vaga no ASP World Tour Feminino da temporada seguinte.

    Pelo menos os 15 primeiros surfistas (homens) do Ranking do WQS da ASP estão garantidos no ASP World Tour. Em situações de desistência ou de aposentadoria de surfistas do ASP World Tour que se reclassificaram pelo World Tour, o próximo surfista melhor colocado no World Tour tomará o seu lugar. Já se o surfista se classificou através do WQS da ASP, então o próximo surfista melhor classificado no ranking WQS da ASP ficará com a sua vaga para o ASP World Tour.

  • Quantos surfistas participam do ASP World Tour?

    O ASP World Tour é formado pelos 45 melhores competidores homens e pelas 17 melhores competidoras mulheres do mundo. A cada temporada do ASP World Tour Masculino, a lista de competidores classificados é composta pelos 27 primeiros colocados do ASP World Tour do ano anterior mais os 15 primeiros colocados do ASP World Qualifying Series (WQS) do ano anterior e, potencialmente, mais três surfistas do ASP World Tour que tenham conquistado a vaga de Wildcard da ASP, através do World Professional Surfers (WPS). A cada temporada do ASP World Tour Feminino, a lista de classificadas é composta por 17 surfistas (as 10 melhores surfistas do ASP World Tour do ano anterior, mais as 6 primeiras colocadas do WQS feminino e 1 convidada pela ASP).

  • Quantos surfistas se classificam através do WQS para o ASP World Tour?

    Os 15 primeiros surfistas colocados e as 6 primeiras surfistas colocadas no ASP World Qualifying Series (WQS) garantem a vaga para o ASP World Tour do ano seguinte.

  • Como são escolhidos os Wildcards (surfistas convidados) para o ASP World Tour?

    As vagas de Wildcards (surfistas convidados) do ASP World Tour são concedidas aos surfistas do ASP World Tour que não obtiveram pontos suficientes na temporada para se reclassificar para o ASP World Tour do próximo ano. Apenas 3 surfistas podem receber o convite de Wildcard (convidado), que são dados pela World Professional Surfers (WPS) no final de cada temporada. Se mais de três surfistas entrarem com o pedido de Wildcard (convidado), a WPS ira votar e escolher os 3 casos mais relevantes. Muitas vezes, as lesões têm um papel importante na decisão dos surfistas escolhidos.

  • O que é a WPS (World Professional Surfers)?

    A WPS é a World Professional Surfers. A organização fornece um fórum para surfistas profissionais discutirem as suas observações e preocupações no que se diz respeito ao surfe profissional. Além de ser a voz dos surfistas profissionais dentro da ASP, também tem a função de definir a escolha no ASP World Tour, dos três Wildcards (convidados) por temporada.

  • O que são as Triagens dos Eventos do ASP World Tour?

    As triagens dos Eventos do ASP World Tour são pré-eventos onde há um pequeno número de surfistas convidados que competem vagas no respectivo evento principal do ASP World Tour que está sendo realizado. As triagens ocorrem normalmente um dia antes, ou na manhã do primeiro dia do período de espera do evento principal do ASP World Tour. O formato geral das triagens é constituído por três baterias com quatro surfistas cada, com o vencedor de cada bateria garantindo uma vaga para o respectivo evento principal do ASP World Tour que está sendo realizado.

    WQS - World Qualifying Series

  • O que é o WQS da ASP?

    O WQS da ASP é o World Qualifying Series. É a divisão de acesso ou porta de entrada para o Dream Tour. O WQS tem tanto divisões para os homens como para as mulheres, bem como uma série de eventos que determina os surfistas que irão se classificar para o ASP World Tour. Em média, há cerca de 45 eventos do WQS por temporada. Os eventos são classificados em um sistema de estrelas com classificações de 1 a 6 estrelas prime. As estrelas coincidem com o prêmio oferecido em dinheiro e também determina a quantidade de pontos no ranking oferecida aos surfistas. Uma maior premiação em dinheiro dará ao evento mais estrelas e conseqüentemente uma maior pontuação no ranking. Todos os surfistas do WQS concorrem pela mesma premiação em dinheiro oferecida e por valiosos pontos no ranking na tentativa de se classificar para o ASP World Tour.

  • Quantos surfistas participam do WQS da ASP?

    Há milhares de surfistas competindo no WQS em todo o mundo. Pelo fato do WQS da ASP ser a porta de entrada para o circuito profissional mundial, qualquer surfista que pagar a taxa anual de filiação da ASP (masculino US$ 200 e feminino US$ 150) e as taxas de inscrição de cada evento (US$ 200 para eventos de 1-4 Estrelas e US$ 250 para os eventos de 5-6 Estrelas) poderá competir em eventos do WQS. Embora nem todos possam disputar um evento WQS, caso haja um grande número de inscritos, apenas aqueles surfistas melhores classificados e com uma melhor pré-classificação (seed) terão preferência de inscrição nestes eventos. Os Eventos WQS da ASP de 5 e 6 estrelas têm restringido o número de inscritos em 144 competidores e nos Eventos WQS 6* Prime em 128. Os eventos restantes do WQS da ASP são abertos e sempre os melhores atletas colocados terão preferência sobre as vagas disponíveis.

  • O que são os Eventos Primes do WQS da ASP?

    Os Eventos WQS 6* Prime da ASP são de etapas do circuito onde são oferecidas as maiores pontuações (3.500 pontos para o vencedor) de todo o circuito WQS da ASP. O Eventos WQS 6* Prime só podem ser realizado em locais com uma ótima qualidade de ondas que justifiquem a classificação Prime. Além disso, eles possuem um número limitado de inscritos em 128 competidores [Aproximadamente os 100 primeiros colocados do ranking WQS da ASP, os surfistas do ASP World Tour, surfistas regionais e convidados (Wildcards)].

  • Como funciona o Ranking da ASP?

    Há dois Rankings separados, um para o ASP World Tour e outro para o ASP World Qualifying Series (WQS). Sobre o ASP World Tour, todos os eventos oferecem o mesmo número de pontos (por exemplo, para todos os eventos Masculinos, o 1º colocado recebe 1.200 pontos, o 2º 1032 pontos, o 3º 876 pontos, etc.). A pontuação do surfista homem/mulher do ASP World Tour é determinada ao fim da temporada computando os seus melhores resultados no ano (após os descartes). Aos surfistas do ASP World Tour são permitidos alguns descartes de eventos durante o ano. Em uma temporada com doze eventos, o surfista pode descartar até 3 eventos ou resultados. Em um ano com nove a onze eventos, é permitido ao surfista descartar 2 etapas ou resultados. Em uma temporada com menos de nove eventos, fica permitido ao surfista descartar um evento ou resultado.

    Pelo fato de todos os surfistas do WQS da ASP estarem autorizados a competir em todos os eventos que desejarem, o Ranking para o WQS funciona de forma diferente. Para os homens, os sete melhores resultados conquistados durante o ano em todos eventos do WQS da ASP (1-6 Estrelas + primes) serão utilizados para determinar no fim do ano, a sua pontuação e a sua classificação final. Um máximo de quatro eventos de 5-6 Estrelas por país serão computados para a pontuação final. A alocação de pontos de cada Evento difere dependendo de quantas estrelas um determinado evento é classificado. Quanto mais dinheiro, mais estrelas, mais pontos. Para as mulheres, todos os eventos do WQS da ASP de 4-6 Estrelas serão utilizados para determinar a classificação ao fim de ano do Ranking Feminino do WQS. No entanto, para os Eventos WQS 4-6 Estrelas, o número de eventos na temporada tem influência sobre quantos irão contar. Se houver de um a quatro Eventos do WQS da ASP de 4-6 Estrelas na temporada, então todos irão contar. Se houverem 5 Eventos WQS 4-6 Estrelas em um ano os quatro melhores contarão. Se houverem de seis a sete Eventos WQS 4-6 Estrelas, os seis melhores contarão. Se houverem de oito a nove Eventos, os seis melhores contarão. Se houver 10 ou mais Eventos do WQS de 4-6 Estrelas no ano, os sete melhores resultados contarão para a pontuação final.

    Para um olhar mais profundo sobre a pontuação dos eventos e do Ranking Geral, sinta-se livre para obter em seu Escritório Regional da ASP uma cópia do Livro de Regras da ASP. Para aqueles de vocês que desejam obter mais informações podem também verificar as nossas estatísticas e os Rankings em www.aspsouthamerica.com.br ou www.aspworldtour.com.

    Dicas de Competição

  • O que é prioridade?

    A Prioridade é obrigatória em todas as baterias homem-a-homem. O surfista com prioridade tem o direito incondicional de escolher uma onda e surfar para ambos os lados a onda escolhida. O surfista sem prioridade não pode surfar a mesma onda do surfista com prioridade, independentemente da direção ou da distância entre eles, ao menos que o surfista sem prioridade não prejudique a onda e a performance do surfista com prioridade, caso onde o surfista sem prioridade receberá zero pontos pela onda surfada. No início da bateria e após a primeira onda ter sido surfada, o surfista que ficar no lineup recebe automaticamente a prioridade. Um surfista perderá a prioridade assim que ele pegar uma onda e suas mãos deixarem a borda da prancha se preparando para se levantar. No caso em que ambos os surfistas concluírem uma onda até o inside, o primeiro surfista que retornar ao lineup receberá a prioridade. A Prioridade é indicada pela cor do disco de sinalização posicionado no palanque do Evento.

    A regra da Prioridade serve para diversos propósitos. Em primeiro lugar, a regra da prioridade tenta eliminar a disputa braçal pelas ondas. Sem prioridade, surfistas não teriam nada para impedi-los de lutar pelas ondas com seus colegas competidores. A regra permite aos surfistas, em se concentrar mais no seu desempenho nas ondas, ao invés de ficar disputando ondas com seus oponentes. Em segundo lugar, a regra da prioridade torna mais fácil o julgamento das ondas já que impossibilita dois surfistas de surfarem a mesma onda. Com apenas um surfista por onda, os juízes podem se concentrar melhor em cada onda surfada. Por último, a regra da prioridade permite a existência de mais um elemento táctico dentro do surf competitivo. Os surfistas tendem a se tornar mais seletivos na escolha de suas ondas a fim de manter a prioridade e a possibilidade de uma melhor pontuação. A regra da prioridade não existe no Round 1 do ASP World Tour porque no Round 1 são realizadas baterias com três surfistas. A prioridade foi feita apenas para baterias homem-a-homem que se iniciam apenas no Round 2. A regra da prioridade foi instituída em meados da década de 1980 e tem sido modificada ao longo dos anos com objetivo de melhorar cada vez mais o surf competitivo.

  • O que é o Período de Espera?

    O período de espera, ou janela de espera é o intervalo de tempo em que se pode realizar um determinado evento. Possuir um período de espera maior do que o tempo necessário para finalizar a competição permite aos organizadores serem mais seletivos em colocar as baterias na água. Isso dá a ambos, os surfistas e os espectadores a vantagem de se realizar o evento nas melhores condições de onda possíveis.

  • O que significa quando um Evento é "Móvel"?

    Se um evento é "móvel", ele tem a possibilidade de acontecer em uma maior variedade de locais a fim de dar a surfistas as condições ideais (ou seja, tamanho e formação das ondas, das marés, ventos, etc) para competir. Um evento "Móvel" realmente será móvel quando as condições no local do evento forem avaliadas por uma comissão conjunta de surfistas e organizadores do evento, e uma decisão for tomada para mover a competição para um outro local ou praia.

  • Todos os Eventos são "Movéis"?

    Não. Nem todos os eventos têm a capacidade de serem móveis. Os eventos não-móveis são realizados na maioria das vezes em locais prime ou exóticos e que oferecem ótimas condições quando são realizados. No que diz respeito aos homens do ASP World Tour, os Eventos móveis são: Gold Coast (AUS), Bells Beach (AUS), Tavarua (FIJI), South West Coast (FRA) e Mundaka (ESP). Já os Eventos não-móveis são realizados em: Teahupoo (TAH), Trestles (E.U.A.) e Pipeline (HAW).

    A última edição do evento Rip Curl Pro Search foi realizada em Bali, Indonésia, na temporada de 2008, mas o plano da Rip Curl é mudar a localização do evento a cada ano para trazer uma nova dinâmica para o ASP World Tour.

  • O que é um convidado do Evento?

    Um surfista convidado ou wildcard do Evento é um surfista não integrante do ASP World Tour que é convidado a competir em um evento do ASP World Tour. O convidado wildcard é tipicamente indicado pelo patrocinador do evento. A entrada do convidado wildcard no evento pode ser feita através das triagens realizadas antes do evento principal ou a critério da entidade organizadora do evento. Típicos candidatos para a vaga de convidados wildcard para um evento do ASP World Tour normalmente vêm da equipe do patrocinador do evento, de surfistas locais, ou ambos. Não só estes surfistas completam a lista de competidores e substituem surfistas machucados como também trazem novas caras e desafios para a elite do ASP World Tour.

  • Quantos dias são necessários para se realizar um Evento?

    A duração dos eventos depende da quantidade de surfistas inscritos na competição. A quantidade de surfistas em uma competição irá determinar quantas baterias e quantos Rounds serão necessários para finalizar o evento e coroar um campeão. O período aproximado de tempo necessário para completar um evento Masculino do ASP World Tour é de 4 dias completos de competição. O prazo mínimo do período de espera para qualquer evento Masculino do ASP World Tour é de oito dias, e o prazo mínimo do período de espera para qualquer evento Feminino do ASP World Tour é de cinco dias. Dependendo do número de estrelas dos eventos do ASP World Qualifying Series (WQS), é necessário um mínimo de três a sete dias de competição para que o evento seja realizado.

  • O que são os critérios de Julgamento?

    Os novos critérios de julgamento da ASP foram implementados em todos os eventos da ASP a partir de 2005. Para saber sobre os critérios de julgamento Clique aqui

  • Como as ondas são pontuadas?

    As ondas são pontuadas em uma escala de 1 a 10, sendo 1 a nota mais baixa e 10 a mais alta (onda perfeita). Com a transição do formato de três ondas computadas para duas, agora os surfistas tem atingido pontuações na casa dos 8 pontos para avançar suas baterias realizando fantásticas exibições de surf.

  • Quantas ondas são computadas?

    A pontuação total dos surfistas é composta pela soma das duas melhores ondas surfadas. Isso não muda, ou seja, é válido para todos os circuitos da ASP. Ao computar apenas as duas melhores ondas surfadas (anteriormente eram três), o nível de desempenho é puxado para cima e os surfistas passam a buscar uma maior seleção de ondas visando obter pontuações mais expressivas. Em todas as baterias e finais do ASP World Qualifying Series (WQS) e do ASP World Tour, o número máximo de ondas que o surfista pode surfar é de 15 ondas.

  • A pontuação das ondas diferem entre o ASP World Tour e o ASP World Qualifying Series (WQS)?

    Não. Os critérios de pontuação das ondas não diferem entre o ASP World Tour e o ASP World Qualifying Series (WQS).

    Sistema Online de Gerenciamento dos Filiados da ASP

  • O que é o Sistema Online de Gerenciamento dos Filiados da ASP?

    O novo Sistema Online de Gerenciamento dos Filiados da ASP é um sistema automatizado on-line que permite aos membros da ASP entrar no sistema e gerir a sua própria participação nos eventos da ASP. O novo sistema permitirá aos membros da ASP registrar ou renovar a sua filiação, se inscrever nos eventos, ver a lista de pré-classificados, gerir detalhes sobre a sua conta, fazer os pagamentos através de cartão de crédito, além de muito mais.
  • Fonte: ASP

    Classificação: 0.00 (0 votos) - Classifique esta notícia -
    Página de impressão amigável Enviar esta história par aum amigo Criar um arquvo PDF do artigo
    Marcar este artigo como favorito neste site
    Bookmark para Blinklist Bookmark para del.icio.us Bookmark para Digg Bookmark para Fark Bookmark para Furl Bookmark para Newsvine Bookmark para Reddit Bookmark para Simpy Bookmark para Spurl Bookmark para Yahoo Bookmark para Balatarin Bookmark para Faceboom Bookmark para Twitter Bookmark para Scripstyle Bookmark para Stumble Bookmark para Technorati Bookmark para Mixx Bookmark para Myspace Bookmark para Designfloat _NW_BOOKMARK_TO_GOOGLEPLUS _NW_BOOKMARK_TO_GOOGLEREADER _NW_BOOKMARK_TO_GOOGLEBOOKMARKS
     
    Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.
    Comentar
    Regra dos comentários*
    Todos os comentários necessitam de aprovação
    Título*
    Nome*
    E-mail*
    Site*
    Mensagem*
    Código de confirmação*
    5 - 4 = ?  
    Insira o resultado impresso
    Maximmo de tentativas: 10
    Artigos de Surf e Educação Escolas de Surf ACES Projetos ACES Artigos de Meio Ambiente e Sustentabilidade Artigos de Competição
    Informações Importantes Projetos Sociais Executados por Escolas de Surf Artigos de Surf e Saúde Mundo do Surf - SurfNews Área para Associados, Proprietários e Orientadores de Surf ACES

    Fortaleça sua empresa.

    Valorize sua marca.

    Apoie uma Escola ACES e
    faça parte de uma rede de educadores empreendedores.

    ACES unindo talentos e fortalecendo a educação e o esporte em Santa Catarina.

    Incluir link da ACES em seu site:
    Federação Catarinense de Especialistas e Escolas de Surf e Stand Up Paddle

    Copie o texto acima e cole em seu site.

    Lista das Escolas de Surf Credenciadas ACES


    SANTUR Ministério do Esporte Prefeitura Municipal de Florianópolis GOVERNO DE SANTA CATARINA
    facebook
    Escolas de Surf
    twitter
    RSS ACES SURF
    rss

     

     

    ESCOLA DE SURF, ESPECIALISTA, SURFSCHOOL, SANTA CATARINA, ESCOLA, SURF, STANDUPPADDLE, SUPTRIP, AVENTURA, WATERSPORTS, ACES, FLORIPA, PRAIAMOLE, ESCOLINHA, INGLESES, ECO, FLORIANOPOLIS, QUALIDADE DE VIDA, QUALIDADE, SALVA SURF, EDUCACAO, AMBIENTAL, CAPACITACAO, TREINAMENTO, QUALIFICACAO, SUSTENTABILIDADE, BRAVA, JOAQUINA, SURF SCHOOL, BARRA DA LAGOA, BRAVA, PADDLE, STANDUP, SUP, VIAGEM, SURFLESSONS, CAMPECHE, INGLESES, ACORES, LAGOINHA, MATADEIRO, CAPACITACAO, QUALIFICACAO, MORRO DAS PEDRAS, NAUFRAGADOS, PONTA DAS CANAS, BARRA DA LAGOA, LAGOA DA CONCEICAO, ESCOLA DE SURF, SURF TREINO , COMPETICAO , SURF AVANCADO, SURF , COMPETICAO, SURF SAFARI, SURF TOURS, SUPORTE TECNICO, CARENTES, CONSULTORIA